Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/235
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Biologia, capacidade reprodutiva e consumo foliar de Diabrotica speciosa (Germar, 1892) (Coleoptera: Chrysomelidae) em diferentes hospedeiros
Other Titles: Biology, reproductive capacity and leaf consumption of Diabrotica speciosa (Germar, 1892) (Coleoptera: Chrysomelidae) on Different Host
metadata.dc.creator: Bitencourt, Darque Ratier
metadata.dc.contributor.advisor1: Ávila, Crébio José
metadata.dc.description.resumo: O trabalho foi conduzido no Laboratório de Entomologia da Embrapa Agropecuária Oeste em Dourados/MS e teve como objetivo avaliar a influência do alimento oferecido nas fases larval e adulta de D. speciosa (Germar, 1824) (Coleoptera: Chrysomelidae). O estudo foi realizado em três etapas: influência do alimento na fase adulta, na fase larval e no consumo foliar. No primeiro ensaio, cinco hospedeiros (feijão, soja, nabo, milho e trigo) foram testados na fase adulta de insetos criados em um único hospedeiro (milho). No segundo, os hospedeiros feijão, soja, nabo, batata, milho e trigo foram utilizados na fase larval, e na fase adulta oferecido apenas um hospedeiro (feijão). No último ensaio foi avaliado o consumo foliar por adultos de D. speciosa em condições de livre escolha e sem chance de escolha utilizando os hospedeiros feijão, nabo, soja e milho. No primeiro ensaio, a duração média do período larva-adulto foi de 25,8 ± 0,90 dias, com viabilidade média de 25,8 ± 2,69 % , enquanto o período de pré-oviposição foi semelhante para os diferentes hospedeiros. Entretanto, o período de oviposição, a fecundidade e a longevidade de adultos foram influenciados pelos diferentes tipos de alimentos. Com relação a longevidade, verificou-se que tanto os machos quanto as fêmeas foram mais longevos em feijão, soja e nabo quando comparados aos insetos alimentados com milho e trigo. O período de incubação e viabilidade dos ovos obtidos nos diferentes hospedeiros foram semelhantes. No ensaio com diferentes hospedeiros na fase larval, a duração média do período larvaadulto em batata e trigo foi maior do que em nabo e milho. As maiores viabilidades foram observadas com milho e batata e as menores em feijão e nabo. O período de oviposição foi semelhante, enquanto que o período de pré-oviposição, a fecundidade, a longevidade de machos e o período de incubação e viabilidade dos ovos foram influenciados pelos diferentes tipos de alimentos oferecidos na fase larval. No ensaio de consumo foliar, adultos de D. speciosa apresentaram maior consumo em soja, nabo e milho, quando comparado ao feijão, tanto no teste de livre escolha como no sem chance de escolha.
Abstract: This work was carried out at the Entomology Laboratory of Embrapa Agropecuária Oeste, in Dourados, Mato Grosso do Sul State, and had the aim to evaluate the influence of different foods on larval and adult phases of D. speciosa (Germar, 1984) (Coleoptera: Chrysomelidae). The work had the following three experiments: i) the food influence on adult phase; ii) the food influence on larval phase, and iii) the influence of food type on leaf consumption. In the first experiment, five host plants (i.e. common bean, soybean, turnip, corn, and wheat) were tested to investigate their influence on adult phase when insects were fed with corn during larval phase. In the second experiment, common bean, corn, soybean, turnip, potato and wheat were used to evaluate their influence on larval phase of insects that were fed with only one type of host plant on adult phase. In the last experiment, leaf consumption of common bean, turnip, soybean and corn by adults of D. speciosa was evaluated under free choice and confined conditions. The average duration of larval to adult period was 25.8 days for the experiment to study the food influence on adult phase, with an average viability of 25.8% and a similar period of pre-oviposition for all different host plants. However, fecundity and longevity were influenced by the different foods during the oviposition period. With regard to longevity, we observed that both male and female had greater longevity when fed with common bean, soybean and turnip compared to the ones fed with corn and wheat. Incubation time and viability of eggs were similar for all host plants. In the experiment of different host plants during the larval phase, the average period of larval to adult phase was greater for potato and wheat than for turnip and corn. The oviposition period was similar for all tested food types durind the larval phase. However, the pre-oviposition, fecundity and longevity periods for males and incubation period and viability of eggs were influenced by the different food types offered during the larval phase. In the experiment of leaf consumption, D. speciosa adults did show a better feeding of soybean, turnip and corn when compared to common bean for both free choice and confined conditions.
Keywords: Diabrotica speciosa
Entomologia
Entomology
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA::ENTOMOLOGIA E MALACOLOGIA DE PARASITOS E VETORES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Grande Dourados
metadata.dc.publisher.initials: UFGD
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais
metadata.dc.publisher.program: Programa de pós-graduação em Entomologia e Conservação da Biodiversidade
Citation: BITENCOURT, Darque Ratier. Biologia, capacidade reprodutiva e consumo foliar de Diabrotica speciosa (Germar, 1892 ) (Coleoptera: Chrysomelidae) em diferentes hospedeiros. 2007. 34 f. Dissertação (Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade)–Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2007.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://200.129.209.58:8080/handle/prefix/235
Issue Date: 24-Sep-2007
Appears in Collections:Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DarqueRatierBitencourt.pdf1,6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.