Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/244
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Distribuição espacial de insetos em algodoeiro Bt e não-Bt
metadata.dc.creator: Rodrigues, Tatiana Rojas
metadata.dc.contributor.advisor1: Fernandes, Marcos Gino
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Santos, Honório Roberto dos
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Degrande, Paulo Eduardo
metadata.dc.description.resumo: Dentre as opções para o controle de lagartas de Alabama argillacea (Hübner) e Heliothis virescens (Fabricius) na cultura algodoeira tem-se, normalmente, a aplicações de inseticidas e o controle biológico. Nesse contexto, o algodão transgênico ‘Bt’ tem se inserido como uma alternativa extremamente viável, porém não se sabe, com exatidão, como as plantas transgênicas afetam as populações de organismos que se inter-relacionam em um agroecossistema. Nesse sentido, o conhecimento da possível alteração da forma da disposição espacial de insetos pragas, ou benéficos é extremamente importante, pois esta disposição pode alterar o método de amostragem dessas espécies na cultura, além de sua forma de controle. Este estudo foi conduzido buscando investigar o padrão da distribuição espacial de ovos de A. argillacea e de H. virescens em cultivar DeltaOpal® (convencional) e DP90B® (algodão-Bt). A coleta dos dados ocorreu durante o ano agrícola 2006/2007 em duas áreas de 5.000 m2 localizada na região da Grande Dourados. Em cada área amostral, composta por 100 parcelas de 50m2, foram realizadas 15 avaliações com contagens dos ovos das pragas em análise, em duas plantas por parcela. Os índices de agregação (razão variância/média, índice de Morisita e Expoente k da Distribuição Binomial Negativa) e o teste de qui-quadrado, com o ajuste dos valores encontrados e esperados às distribuições teóricas de freqüência (Poisson, Binomial Negativa e Binomial Positiva), mostraram que em ambas cultivares a distribuição espacial de posturas dessas espécies estão distribuídas de acordo com o modelo de distribuição espacial agregada, ajustando-se ao padrão da distribuição binomial negativa.
Abstract: Among the several options for controlling Alabama argillacea (Hübner) and Heliothis virescens (Fabricius) larvae on the cotton crop, as insecticides spraying and biological control, the transgenic Bt-cotton has been inserted as an extremely viable alternative, however it is not known with accuracy as the transgenic plants affect the populations of organisms that correlate with each other in an agroecossistem. In that sense, the knowledge of the possible alterations in the spatial disposition of the pests or beneficial insects it is extremely important, because it can alter the sampling method for those species on the crop, besides its control method. This study was carried out aiming to determine the spatial distribution pattern of A. argillacea and H. virescens eggs on cotton crop, cultivars DeltaOpal® (conventional) and DP90B® (Bt-cotton). The data were collected during the agricultural year 2006/2007 in two different areas of 5,000 m2 each one in Dourados region. In each sampling area, composed for 100 plots of 50m2 each one, 15 evaluations were accomplished through the countings of eggs from these pests in two plants per plot. The aggregation indexes (variance/mean rate, Morisita’ index, and Exponent k of the Negative Binomial Distribution) and the qui-square test with the adjustment of the found and expected values to the frequencies theoretical distributions (Poisson, Negative Binomial, and Positive Binomial) revealed that in the both cultivars the spatial distribution of egss from those species are distributed in agreement to the aggregated spatial distribution model, being adjusted to the pattern of the negative binomial distribution.
Keywords: Combate às pragas
Pest control
Gossypium hirsutum
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA::ENTOMOLOGIA E MALACOLOGIA DE PARASITOS E VETORES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Grande Dourados
metadata.dc.publisher.initials: UFGD
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais
metadata.dc.publisher.program: Programa de pós-graduação em Entomologia e Conservação da Biodiversidade
Citation: RODRIGUES, Tatiana Rojas. Distribuição espacial de insetos em algodoeiro Bt e não-Bt. 2008. 56 f. Dissertação (Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade)–Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2008.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://200.129.209.58:8080/handle/prefix/244
Issue Date: 12-Mar-2008
Appears in Collections:Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TatianaRojasRodrigues.pdf319,7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.