Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/1632
metadata.dc.type: Tese
Title: Educação, multimodalidade textual e LIBRAS: descompassos entre práticas escolares e comunicativas envolvendo estudantes surdos
metadata.dc.creator: Lima, Juliana Maria da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, Reinaldo dos
metadata.dc.contributor.referee1: Lodi, Ana Claudia Balieiro
metadata.dc.contributor.referee2: Suttana, Renato Nésio
metadata.dc.contributor.referee3: Martins, Morgana de Fátima Agostini
metadata.dc.contributor.referee4: Silva, Aline Maira da
metadata.dc.description.resumo: Esta tese descreve a pesquisa que investigou as práticas comunicativas de estudantes surdos por meio de Aplicativos de Mensagens Instantâneas em Smartphone (AMIS) – Facebook, Whatsapp e Facebook Messenger – como potenciais de mudança comunicativa educacional. Trata-se de uma pesquisa documental exploratória, sob uma perspectiva transdisciplinar, de abordagem qualitativa com inspiração da etnografia retrospectiva. A pesquisa teve como objetivo geral caracterizar e apresentar a comunicação de estudantes surdos em AMIS como possibilidade de uso em práticas educativas na escola. Os objetivos específicos foram: a) indicar e distinguir características prescritivas e de orientações curriculares quanto à comunicação na educação escolar brasileira e no atendimento às especificidades sociocultural e linguística de estudantes surdos; b) descrever práticas comunicativas de estudantes surdos em AMIS; c) refletir sobre o uso dos AMIS em comunicações entre surdosurdo e surdo-ouvinte, relacionando-as à prescrição de comunicação e ensino de línguas nas escolas comuns. O estudo está fundamentado na teoria bourdieusiana sobre a escola, o código linguístico, o mercado linguístico e o capital, bem como contribuições de estudiosos das áreas da comunicação, Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), inclusão e estudos surdos na educação. A tese inicial indica que há um descompasso entre as práticas comunicativa propiciadas na/pela escola e a realidade sociocomunicacional de estudantes surdos, o que gera, a esses agentes, comunicação bloqueada e cidadania limitada. Por meio do método Prescritivo-Descritivo-Reflexivo (PDR), foi possível perceber que a forma de comunicação e ensino de línguas na escola ainda permanecem ancoradas na tradição do texto, escrito, falado e com a presença da Libras para mediação comunicativa de estudantes surdos, em sala de aula; na verdade, trata-se de uma forma distanciada da comunicação evidenciada nas capturas de telas dos Smartphones de três estudantes autodenominados surdos. Os resultados obtidos levam a sugerir que a educação incorpore, em seu currículo e suas práticas, esse arranjo de linguagens que resulta na multimodalidade textual demandada pela realidade da sociedade em rede, conectada. O que se constata é que a inviabilidade desse arranjo no contexto educacional contribui para uma dupla negligência da escola comum, ao não oportunizar acesso à realidade comunicativa social, mediada pela Internet e restringir a comunicação com estudantes surdos ao método artificial em Libras. Tal fato revela que esses estudantes vivenciam uma comunicação ora bloqueada, ora distorcida, que acarreta o comprometimento da sua cidadania e de seu acúmulo de capital linguístico, social e cultural providos pela escola.
Abstract: This doctoral thesis describes the research that investigated the communicative practices of deaf students through Smartphone Instant Messaging Applications (SIMA) - Facebook, WhatsApp e Facebook Messenger – as potentials for communicative educational change. It is a documental explorative research under a transdisciplinary perspective with a qualitative approach and inspiration from retrospective ethnography. The research had as general objective to characterize and to present the deaf students’ communication through SIMA as a possibility for use in educational practices at school. The specific objectives were: a) to indicate and distinguish prescriptive characteristics and curricular guidelines regarding the communication at Brazilian school education and the accordance to the sociocultural and linguistic specificities of the deaf students; b) to describe the communication practices of deaf students through SIMA; c) to reflect on the use of AMIS at communications between deaf-deaf and deaf-hearing, relating them to the communicative prescriptions and language teaching at regular schools. The study is based at the Bordieuan theory about the school, the linguistic code, the linguistic market and the capital, as well as at contributions from scholars in the field of communication, Information and Communication Technologies (ICTs), inclusion and deaf studies at education. The initial hypothesis indicates a mismatch between communicative practices provided at/by the school and the sociocommunicative reality of deaf students, which brings to these agents a blocked communication and a limited citizenship. Using the Prescriptive-Descriptive-Reflexive method (PDR), it was possible to perceive that the way of communication and language teaching at schools are still anchored at the text tradition, written and spoken, and with the presence of Libras for communicative mediation for deaf students at the classroom; actually, it is a distanced manner of communication evidenced at the screenshots of the smartphones of three students self-styled deaf. The obtained results lead to suggest that education incorporates, at its curriculum and its practices, this arrangement of languages that results in the textual multimodality requested by the reality of the connected Network Society. What is noted is that the impracticability of this arrangement at the educational context contributes for a double neglection of the regular school, for not giving opportunity to access to the social communicative reality, mediated by the Internet, and for restricting the communication with deaf students to the artificial method of Libras. This fact shows that these students experience a communication sometimes blocked, sometimes distorted, which impairs their citizenship and the accumulation of linguistic, social and cultural capital provided by the school.
Keywords: Linguagem de sinais
Sign language
Educação especial
Special education
Surdez
Deafness
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Grande Dourados
metadata.dc.publisher.initials: UFGD
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de pós-graduação em Educação
Citation: LIMA, Juliana Maria da Silva. Educação, multimodalidade textual e LIBRAS: descompassos entre práticas escolares e comunicativas envolvendo estudantes surdos. 2019. 148 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/1632
Issue Date: 26-Jun-2019
Appears in Collections:Doutorado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JulianaMariadaSilvaLima.pdf2,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.