Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/2195
metadata.dc.type: Tese
Title: Políticas e expansão da pós-graduação stricto sensu nas universidades federais em Mato Grosso do Sul (2003-2016): uma análise das condições materiais e simbólicas
Other Titles: Stricto sensu graduate policies and expansion in federal universities in Mato Grosso do Sul (2003-2016): an analysis of material and symbolic conditions
metadata.dc.creator: Magalhães, Ana Maria da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Real, Giselle Cristina Martins
metadata.dc.contributor.referee1: Aranda, Maria Alice de Miranda
metadata.dc.contributor.referee2: Alves, Andréia Vicência Vitor
metadata.dc.contributor.referee3: Brito, Silvia Helena Andrade de
metadata.dc.contributor.referee4: Oliveira, João Ferreira de
metadata.dc.description.resumo: Esta tese possui como objeto de estudo a expansão da pós-graduação stricto sensu nas universidades federais sul-mato-grossenses no período de 2003 a 2016. Devido ao período abarcado e ao lócus de pesquisa, considerou-se os programas de Expansão das Universidades Federais (Expandir) e de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni) como privilegiantes de análise. A seguinte problemática norteou a pesquisa: De que forma programas como o Reuni e Expandir, embora com foco na expansão da graduação, contribuíram para a expansão da pós-graduação nas universidades federais em MS? Quais as condições materiais e simbólicas que deram suporte/induziram à expansão da pós-graduação nessas IES? O objetivo geral da pesquisa consiste em analisar a expansão da pós-graduação stricto sensu nas universidades federais sul-mato-grossenses no contexto das políticas públicas voltadas para a expansão da educação superior implementadas em universidades federais no período de 2003 até 2016. O estudo foi conduzido à luz da literatura da área, com base em documentos e estatísticas oficiais. As análises foram realizadas a partir das noções de campo, de habitus e de capital, desenvolvidas pelo sociólogo francês Pierre Bourdieu. Como resultados, verificou-se que a expressiva expansão da pós-graduação nas universidades federais em MS - mais de 400% no número de matrículas e de titulações de 2003 até 2016 - se deu pela combinação de políticas governamentais indutoras da expansão da educação superior, de ações de indução por parte dos gestores universitários e da própria ação docente. Nesse período, os programas Expandir e Reuni proporcionaram certa recuperação das universidades federais, sobretudo com relação ao quantitativo de docentes. O aumento no número de funções docentes em regime de dedicação exclusiva nas universidades federais sul-mato-grossenses foi de mais de 120% no período. Por sua vez, a ação dos gestores dessas IES foi orientada para a captação de docentes com perfil de pós-graduação e para a manutenção desse habitus nas universidades. A intenção de se manter um ambiente favorável para a pesquisa, por meio da pós-graduação, é expressa em regulamentos, editais e documentos oficiais das IES, nos quais se observam adequações para atender aos itens destacados pela avaliação da CAPES. Há também, e principalmente, o comprometimento docente com um projeto de expansão da pós-graduação em sua IES. Esse busca direcionar suas ações para atender as exigências avaliativas da CAPES, de forma a permanecer no campo da pós-graduação. Isso é explicitado na significativa inserção docente em editais de fomento para pesquisa, nas atividades de consultoria, no aumento da produção intelectual em periódicos qualificados nos estratos do Qualis/CAPES. Nesse sentido, a Tese delineada pela presente pesquisa é de que a expansão da pós-graduação em MS foi induzida a partir das políticas do governo central na interseção com o campo universitário. As políticas, ao proporcionarem a ampliação do quadro docente das universidades federais, tiveram seus principais efeitos para a expansão da pós-graduação. No entanto, os dados evidenciam que os agentes do campo da pós-graduação das universidades federais em MS não conseguem consolidar a expansão qualitativa por não acessarem os espaços de autoridade do campo. Isso se dá tanto em termos de instâncias externas de poder – baixa participação nos comitês da CAPES – como em termos de prestígio intelectual – baixa participação em bancas de defesa de dissertação/tese vinculadas a programas de pós-graduação de outras IES e a menor concentração da produção de artigos nos periódicos classificados nos estratos maiores do Qualis. Isso é reflexo das assimetrias do SNPG, aprofundadas com base no modelo de avaliação da CAPES. Permanece, então, a necessidade de se pensar em um processo avaliativo que continue assegurando credibilidade ao SNPG, ao mesmo tempo que possa ser mais equânime, socialmente referenciado. E que a complexidade da expansão quantitativa estendida a todo o território nacional possa ser contemplada por essa expansão qualitativa.
Abstract: This thesis has as its object of study the expansion of postgraduate studies in the federal universities of Mato Grosso do Sul from 2003 to 2016. Due to the period covered and the locus of research, the Federal University Expansion programs were considered. (Ex pandir) and Restructuring and Expansion of Federal Universities (Reuni) as privileged of analysis. The following issue guided the research: How have programs such as Reuni and Expandir, in despite of its focus being on undergraduate expansion, contributed to postgraduate expansion at federal universities in MS? What material and symbolic conditions that gave support / induced postgraduate expansion in these IES? The general objective of the research consists on to analyze the expansion of postgraduate programs in the federal universities of Mato Grosso do Sul State in the context of public policies aimed at the expansion of higher education, implemented in these institutions from 2003 to 2016. The study was conducted. in the light of the area‟s literature, based on official documents and statistics. The analyzes were made from the notions of field, habitus and capital, developed by the french sociologist Pierre Bourdieu. As a result, it was found that the significant expansion of postgraduate studies at federal universities in MS - more than 200% in the number of postgraduate programs and 400% in the number of enrollments and degrees – were obtained by the combination of government policies inducers of the expansion of higher education, induction actions by university managers and the teaching action itself. During this period, the Expandir and Reuni programs provided some recovery of federal universities, especially regarding the number of teachers. The increase in the number of exclusively dedicated teaching functions at the Mato Grosso do Sul Federal universities was over 120% in the period. In turn, the action of the managers of these IES was oriented to attract teachers with postgraduate profile and to maintain this habitus in universities. The intention in order to maintain a favorable environment for research through postgraduate studies is expressed in regulations, public notices and official documents of the IES, which observe the adequacy to meet the items highlighted by the CAPES evaluation. There is also, and especially, the teaching commitment to a postgraduate expansion project in its IES. This seeks to direct its actions to meet CAPES evaluative requirements in order to remain in the postgraduate field. This is explained by the significant teaching insertion in research grants, consultancy activities, increased intellectual production in qualified journals in the Qualis / CAPES strates. In this sense, the Thesis outlined by the present research is that the expansion of postgraduate studies in MS was induced from central government policies at the intersection with the university field. The policies that provided the increasing teaching staff of federal universities, had their main effects on postgraduate expansion. However, the data show that postgraduate field agents from federal universities in MS cannot consolidate the qualitative expansion by not accessing the authority spaces of the field. This is as much in terms of external instances of power - low participation in CAPES committees - as in terms of intellectual prestige - low participation in dissertation / thesis defense boards linked to other IES postgraduate programs and lower concentration of article production in journals classified in the larger strates of Qualis. This is a reflection of SNPG's asymmetries, deepened based on the CAPES evaluation model. Therefore, there remains a need to think of an evaluation process that will continue to ensure credibility to the SNPG, while being more equitable, socially referenced. And that the complexity of the quantitative expansion extended to the entire national territory can be contemplated by this qualitative expansion.
Keywords: Educação superior - pós-graduação
Higher education
Política educacional
Educational policy
Universidades públicas
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::PLANEJAMENTO E AVALIACAO EDUCACIONAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Grande Dourados
metadata.dc.publisher.initials: UFGD
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de pós-graduação em Educação
Citation: MAGALHÃES, Ana Maria da Silva. Políticas e expansão da pós-graduação stricto sensu nas universidades federais em Mato Grosso do Sul (2003-2016): uma análise das condições materiais e simbólicas. 2019. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/2195
Issue Date: 16-Oct-2019
Appears in Collections:Doutorado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaMariadaSilvaMagalhaes.pdf1,93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.