Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/2648
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorColling, Ana Maria-
dc.date.accessioned2020-03-23T13:20:59Z-
dc.date.available2020-03-23T13:20:59Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationCOLLING, Ana Maria. Tempos diferentes, discursos iguais: a construção do corpo feminino na história. Dourados, MS: Editora UFGD, 2014.pt_BR
dc.identifier.isbn978-85-8147-076-4pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/2648-
dc.descriptionCapítulo I: Questões para pensar o feminino Michel Foucault, os discursos e as mulheres Capitulo II: Tempos diferentes, discursos iguais Discurso grego Platão: “O útero é um animal que vive nelas...” Hipócrates: “a semente macha é mais forte que a semente fêmea” Aristóteles: “o primeiro desvio é o nascimento de uma fêmea” Discurso religioso Discurso médico Lombroso: “Mulher, Um Ser Inferior” Discurso psiquiátrico Discurso psicanalíticopt_BR
dc.description.resumoA história das mulheres é uma história recente. Os homens descreveram-nas, foram seus porta-vozes, e com este procedimento as enclausuraram, tornando-as invisíveis. Por este motivo, é necessário que a história geral passe a ser entendida como resultado de interpretações, de representações, que têm como fundo relações de poder. Essa pesquisa demonstra em textos diferenciados que o corpo feminino não foi simplesmente uma construção (exclusivamente) histórica, mas filosófica, médica, pedagógica, psicológica, jurídica. Tais práticas discursivas e não discursivas, como nos ensina Michel Foucault, articulam-se de uma maneira às vezes imperceptível, mas, no final, todas receitam o que é ser homem, o que é ser mulher, e os papéis sociais designados a ambos: descrevem como se fazem as mulheres em determinada cultura; como se faz um corpo sexuado feminino.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Alison Souza (alisonsouza@ufgd.edu.br) on 2020-03-23T13:20:59Z No. of bitstreams: 1 tempos-diferentes-discursos-iguais-a-construcao-historica-do-corpo-feminino-ana-maria-colling-1.pdf: 1069150 bytes, checksum: fd47704591788bf2613ac069960022f6 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2020-03-23T13:20:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tempos-diferentes-discursos-iguais-a-construcao-historica-do-corpo-feminino-ana-maria-colling-1.pdf: 1069150 bytes, checksum: fd47704591788bf2613ac069960022f6 (MD5) Previous issue date: 2014en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal da Grande Douradospt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGDpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMulheres - históriapt_BR
dc.subjectWomen - historyen
dc.subjectQuestões de gêneropt_BR
dc.subjectGender issuesen
dc.subjectRelações culturaispt_BR
dc.subjectCultural relationsen
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIApt_BR
dc.titleTempos diferentes, discursos iguais: a construção do corpo feminino na históriapt_BR
dc.typeLivropt_BR
Appears in Collections:Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.