Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/432
metadata.dc.type: Tese
Title: Influência da intensidade do tráfego e de sistemas de manejo nas propriedades físicas do solo e nas culturas de soja e girassol
Other Titles: The influence of intense traffic and management systems in the soil physical properties and in soybean and sunflower crops
metadata.dc.creator: Souza, Fábio Régis de
metadata.dc.contributor.advisor1: Rosa Junior, Edgard Jardim
metadata.dc.contributor.advisor2: Fietz, Carlos Ricardo
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Rosa, Yara Brito Chaim Jardim
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, César José da
metadata.dc.contributor.referee2: Nunes, Walder Antônio Gomes Albuquerque
metadata.dc.description.resumo: A compactação do solo pode ser causada por pisoteio de animais em sistemas integração-lavoura-pecúaria e por uso intensivo de máquinas na agricultura. O tráfego de trator agrícola pode alterar as propriedades físico-hídricas do solo e comprometer a sustentabilidade agrícola. A busca de alternativas para produção de biodiesel e para rotação de culturas tem proporcionado o crescimento da área de cultivo com girassol e soja, entretanto a compactação do solo pode limitar a produção destas espécies. Assim, objetivou-se com esta pesquisa avaliar os efeitos do tráfego de trator agrícola e sistemas de manejo nas propriedades físicas-hídricas do solo e no desempenho agronômico da cultura do girassol e da soja. O estudo foi realizado em um Latossolo Vermelho distroférrico, na área da Fazenda Experimental do Centro Universitário da Grande Dourados-UNIGRAN, no município de Dourados, MS. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados em esquema fatorial 4 x 4, com quatro níveis de tráfego de trator agrícola ( testemunha, um tráfego, três tráfegos e seis tráfegos) submetidos a quatro manejos (testemunha, gradagem, subsolagem três meses após a indução a compactação e susbsolagem sete meses após a indução a compactação) com três repetições. As propriedades físico-hídricas do solo avaliadas foram: densidade, macro e microporosidade, porosidade total, índice S e taxa de infiltração de água no solo. As características agronômicas avaliadas do girassol foram: diâmetro do capitulo e da haste, altura de plantas, índice de área foliar, teor de clorofila, massa seca, comprimento, área e diâmetro de raiz, características anatômicas da raiz, produtividade e teor de óleo do aquênios. Da cultura da soja foram: produtividade, índice de área foliar, altura de plantas, densidade de fluxo de fótons fotossintéticamente ativos, taxa de transpiração, a condutância estomática, teor de clorofila, características morfológicas e anatômica do sistema radicular, produtividade e o teor de óleo dos grãos de soja. Os resultados obtidos, demonstram que o tráfego de trator promoveu aumento de densidade do solo até a camada de 0,10 m e reduziu a disponibilidade de água no solo. O índice S mostrou-se sensível para detecção de redução na qualidade física do solo quando submetido a tráfego de trator e o mesmo ocorrendo com a taxa de infiltração básica que reduziu com o aumento do tráfego. O tráfego de trator reduziu a produtividade, o teor de óleo e a área foliar do girassol, a área superficial e diâmetro de raiz em camadas mais superficiais e promoveu aumento no comprimento radicular em camadas mais profundas. A subsolagem proporcionou aumento no índice de área foliar do girassol e os manejos promovem aumento do crescimento radicular em todas as camadas estudadas. O tráfego reduziu a área foliar, o teor de clorofila e a produtividade, comprimento e área radicular da cultura da soja na camada mais superficial. O tráfego de trator agrícola promove alterações nas características morfológicas da raiz de soja nas camadas subsuperficiais. O tráfego altera o aspecto anatômico da raiz de soja tornando-a achatada. A subsolagem quando realizada antecipadamente promove aumento do comprimento radicular e área de superfície em camadas subsuperficiais.
Abstract: Soil compaction can be caused by animal trampling in systems integration-crop-livestock and by the intensive use of machinery in agriculture. The farm tractor traffic can change the physical and hydraulic properties of the soil and compromise agricultural sustainability. The search for alternatives for biodiesel production and crop rotation has provided the growth of sunflower and soybeans crop areas, however, soil compaction can limit the production of these species. Thus, the aim of this research is to evaluate the effects of tractor traffic and tillage system on physical and hydraulic soil properties and on agronomic performance of sunflower and soybean crops. The study was conducted in an Oxisol on the experimental farm of UNIGRAN – Centro Universitário da Grande Dourados, in Dourados – MS. It was adopted an experimental design in randomized blocks in 4 x 4 factorial scheme, with four levels of tractor traffic (control, a traffic, three traffics and six traffics) with for different levels of handling (control, harrowing, subsoiling three months after compaction induction and subsoiling seven months after compaction induction) with three replications. The physical and hydraulic properties of the soil evaluated in the research are: density, macro and micro porosity, S index and rate of water infiltration into the soil. The agronomic characteristics of sunflower measured in the research were: diameter of the glomerulus and stem, plant height, leaf area index, chlorophyll content, , dry weight, root length, area and diameter, root anatomical features, achenes productivity and oil content. The agronomic characteristics of soybean measured in the research were: productivity, leaf area index, plant height, photosynthetic active photons flow density, transpiration rate, stomatal conductance, chlorophyll content, anatomical and morphological characteristics of the root system , soybean grains productivity and oil content. The results showed that tractor traffic lead to an increase in the density of the soil until the 0.10m later and reduced water availability in the soil. The S index showed that tractor traffic reduces soil physical quality and infiltration rate. The tractor traffic reduced productivity, oil content and leaf area of sunflower, it also reduced the surface area and root diameter in the superficial layers but increased root length in deeper layers. The subsoiling led to an increase in leaf area index of sunflower and handling led to an increase in root growth in all segments studied. Traffic reduced leaf area, chlorophyll content and also reduced the productivity, root length and area of soybean in the superficial layer. The tractor traffic causes changes in morphological characteristics of soybean root in the subsurface layers, it changes the anatomical aspect of soybean root making it flat. The subsoiling when performed earlier promotes an increase in root length and in the surface area in subsurface layers.
Keywords: Raiz
Roots
Área foliar
Leaf area
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Grande Dourados
metadata.dc.publisher.initials: UFGD
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: Programa de pós-graduação em Agronomia
Citation: SOUZA, Fábio Régis de. Influência da intensidade do tráfego e de sistemas de manejo nas propriedades físicas do solo e nas culturas de soja e girassol. 2012. 85 f. Tese (Doutorado em Agronomia) – Faculdade de Ciências Agrárias, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/432
Issue Date: 31-Aug-2012
Appears in Collections:Doutorado em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FabioRegisdeSouza.pdf1,79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.