Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/4433
metadata.dc.type: Tese
Title: Adoção de inovação organizacional: o caso do Balanced ScoreCard (BSC) em três empresas brasileiras
metadata.dc.creator: Lopes, Antônio Carlos Vaz
metadata.dc.contributor.advisor1: Kniess, Cláudia Terezinha
metadata.dc.contributor.referee1: Vieira, Saulo Fabiano Amancio
metadata.dc.contributor.referee2: Spers, Eduardo Eugênio
metadata.dc.contributor.referee3: Maccari, Emerson Antonio
metadata.dc.contributor.referee4: Cirani, Claudia Brito Silva
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem por objetivo analisar como ocorreu o processo de adoção de uma inovação do tipo organizacional, no caso o Balanced Scorecard (BSC) em três grandes empresas brasileiras usando a teoria da difusão de inovação (TDI). Para responder à questão proposta no estudo foi utilizada a abordagem de pesquisa qualitativa, por permitir explorar as experiências dos participantes de forma aprofundada, no processo de adoção da inovação bem como os efeitos do BSC na organização. Foi utilizada a estratégia de estudo de casos múltiplos incorporados em três grandes organizações brasileiras. Os dados foram coletados principalmente por meio de entrevistas semiestruturadas em profundidade com os principais usuários do BSC bem como os principais envolvidos no processo de decisão da adoção e implementação desta inovação. Os dados obtidos pelas entrevistas e pelos documentos das empresas foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo de Bardin (2003) e análise inter-caso e intra-caso sugeridos por Miles e Huberman (1994). Os resultados da pesquisa mostraram que a adoção do BSC nas empresas foram motivadas principalmente pela busca de eficiência em relação a avaliação de desempenho, tradução, comunicação, implementação e gestão da estratégia. Nos casos estudados, a decisão pelo BSC foi tomada pela alta administração que teve um envolvimento efetivo e concederam todo o apoio necessário para que o mesmo fizesse parte da rotina da empresa. As organizações utilizaram a abordagem participativa envolvendo gerentes de todos os níveis da organização que atuaram como agentes promotores de mudança. Conclui-se que os atributos de vantagem relativa, facilidade de uso e compatibilidade foram identificados como os principais influenciadores de adoção do BSC, já em relação aos fatores internos, três foram identificados como mais importantes: tipo de canais de comunicação utilizados, tipo de decisão, papel desempenhado pelos agentes de mudança de diferentes níveis da organização, sendo este último, o principal entre eles. Assim, teoria de difusão de inovação pode ser utilizado para auxiliar no processo de decisão do BSC.
Abstract: The general objective of this work is to understand the process of adoption of an organizational innovation , in this case (BSC), in three of major Brazillian companies using the theory of diffusion of innovation (TM). In order to answer the questions proposed in the study a qualitative research approach is used, to permit to explore in detailed form the experiences of the participants, in the adoption process of innovation much like the effects of BSC on organization. The strategy used was the study of multiple cases incorporated in three major Brazillian organizations. The data was collected mainly through in-depth semi-structured interviews with the main parties involved in the decision process of adoption, implementation and the main users of BSC. The data obtained in the interviews and documents from the companies were analyzed through the analysis technique contained in Bardim (2003) and inter-case and intra-case analysis suggested by Miles and Huberman (1994). The results of the study show that the companies adopted BSC as a mechanism to obtain efficiency through the use of performance evaluation implementation and communication and strategic management. The decision for BSC was made by the senior management who had an effective involvement and provided all the support necessary so that the same can become part of the company routine. Managers at all levels of the organization participated in the adoption process. It concludes that the attributes relative advantage, ease of use and compatibility were indentified as the main influencers in the adoption of BSC, in relation to internal factors three were identified as influencers: type of communication channels used, the type of decision, the role played by agents of change at different levels of organization being the last main internal factor that contributed to the adoption of BSC. In this way the factors which influenced the decision of the adoption of BSC in organizations can be explained by the theory of diffusion of innovation.
Keywords: Balanced scorecard (Management)
Inovação
Innovation
Teoria da Difusão de Inovação
Diffusion of Innovation Theory
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Nove de Julho
metadata.dc.publisher.initials: UNINOVE
metadata.dc.publisher.program: Programa de pós-graduação em Administração
Citation: LOPES, Antonio Carlos Vaz. Adoção de inovação organizacional: o caso do Balanced ScoreCard (BSC) em três empresas brasileiras. 2013. Tese (Doutorado em Administração) – Universidade Nove de Julho, São Paulo, SP, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/4433
Issue Date: 19-Dec-2013
Appears in Collections:Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UNINOVE - AntonioCarlosVazLopes.pdf2,84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.