Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/974
metadata.dc.type: Tese
Title: Variação da temperatura e da dieta na composição química cuticular, no reconhecimento intraespecífico e o estudo do comportamento de resgate em Odontomachus bauri
Other Titles: Temperature and diet variation in cuticular chemical composition, intra-species recognition and study of rescue behavior in Odontomachus bauri
metadata.dc.creator: Santos Junior, Luiz Carlos dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Antonialli Júnior, William Fernando
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Cardoso, Claudia Andrea Lima
metadata.dc.contributor.referee1: Alves Júnior, Valter Vieira
metadata.dc.contributor.referee2: Ferreira, Anderson
metadata.dc.contributor.referee3: Pereira, Márlon César
metadata.dc.contributor.referee4: Balestieri, José Benedito Perrella
metadata.dc.description.resumo: Uma das condições que favoreceram a evolução dos insetos sociais se deve as diversas maneiras de reconhecimento de companheiras e não companheiras de ninho, e a função de cada indivíduo na colônia. Um dos sistemas mais utilizado pelos insetos sociais neste reconhecimento é a comunicação química via hidrocarbonetos presentes na cutícula. Os hidrocarbonetos cuticulares (HC‟s) são os principais compostos que formam a cutícula, que pode ser característico da espécie, da colônia e entre as castas. Os HC‟s são essenciais na distinção entre companheiras de ninho, mas sua função primária é evitar a dessecação. Além dos fatores genéticos, os ambientais como a umidade, a temperatura e a dieta, podem influenciar na composição química dos HC‟s. A cutícula das formigas tende a reajustar conforme ocorre a variação da temperatura, evitando a dessecação. Por outro lado, este reajuste pode influenciar negativamente no reconhecimento de companheiras e não companheiras de ninho, podendo gerar estranhamento e comportamentos agressivos. Não obstante, o tipo de alimento que é consumido pelas formigas também influencia na composição dos HC‟s. Isto se deve ao fato de que os compostos existentes na dieta são assimilados por aquelas formigas que a consomem. Tanto a quantidade quanto a qualidade nutricional são importantes nesta composição. Devido a estas alterações nos HC‟s, as interações intraespecíficas em formigas podem ficar prejudicadas. De fato, a alteração da dieta pode interferir no reconhecimento entre as formigas, causando o estranhamento ou a fusão de colônias. Identificar sua companheira de ninho se faz fundamental para impedir a invasão de outros animais no ninho e também manter a coesão da colônia. Assim, esta distinção pode ser importante para comportamentos altruístas entre as formigas, como o resgate de indivíduos em perigo ou ferido. Este comportamento tem sido observado em formigas quando a companheira de ninho assimila e codifica o pedido de ajuda de sua companheira de ninho efetuando algum comportamento na tentativa de resgate. Este comportamento pode ser gerido por alguns fatores que envolvem a formiga capturada, como sua idade, função na colônia e/ou sua expectativa de vida após um combate. Em formigas poneromorfas, poucos trabalhos têm investigado o efeito da temperatura e da dieta na cutícula e no reconhecimento intraespecífico e tambéma existência do comportamento de resgate. Desta maneira, este trabalho teve como objetivo avaliar estes fatores na formiga Odontomachus bauri.
Abstract: One of the conditions that favored the evolution of the social insects is due to the diverse ways of recognizing companions and non-nestmate, and the function of each individual in the colony. One of the most common systems by social insects in this recognition is through chemical communication via hydrocarbons present in the cuticle of these insects. Thus, cuticular hydrocarbons (HC's) are the main compounds that form the cuticle, especially in ants, which may be specific to the species, the colony and between the breeds. HC‟s are essential in distinguishing nestmates, but their primary function is to avoid desiccation. In addition to the genetic factors, the environmental factors such as humidity, temperature and diet may influence the chemical composition of HC's. The cuticle of the ants tends to readjust as temperature variation occurs, avoiding desiccation. On the other hand, this readjustment may negatively influence the recognition of companions and non-nestmate, being able to generate estrangement and aggressive behaviors. Nevertheless, the type of food that is consumed by the ants also influences the composition of the HC's. This is due to the fact that the compounds in the diet are assimilated by those ants that consume it. Both quantity and nutritional quality are important in this composition. Due to these changes in HC's, intraspecific interactions in ants may be impaired. In fact, dietary alteration may interfere with recognition among ants, causing estrangement or fusion of distinct nests. Identifying your nestmate becomes essential to prevent the invasion of other animals in the nest and also maintain colony cohesion. Thus, this distinction may be important for altruistic behaviors among ants, such as the rescue of individuals in danger or injury. This behavior has been observed in ants in which the nestmate assimilates and encodes the request of help of its companion of nest executing some behavior in the rescue attempt. This behavior can be managed by some factors involving the captured ant, such as its age, function in the colony and/or its life expectancy after a combat. In the case of poneromorph ants, few studies have investigated the effect of temperature and diet on cuticle and intraspecific recognition, as well as the existence of rescue behavior. In this way, this work had as objective to evaluate these factors in the ant Odontomachus bauri.
Keywords: Hidrocarboneto cuticular
Odontomachus bauri
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::COMPORTAMENTO ANIMAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Grande Dourados
metadata.dc.publisher.initials: UFGD
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais
metadata.dc.publisher.program: Programa de pós-graduação em Entomologia e Conservação da Biodiversidade
Citation: SANTOS JUNIOR, Luiz Carlos dos. Variação da temperatura e da dieta na composição química cuticular, no reconhecimento intraespecífico e o estudo do comportamento de resgate em Odontomachus bauri. 2019. 110 f. Tese (Doutorado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade) – Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/974
Issue Date: 29-Jan-2019
Appears in Collections:Doutorado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LuizCarlosdosSantosJunior.pdf1,64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.