Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/2465
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Composição nutricional e preço de produtos integrais e convencionais comercializados em um supermercado de rede nacional do Brasil: produtos integrais e convencionais
Other Titles: Nutritional composition and price of whole and conventional products marketed in a national supermarket chain in Brazil: whole and conventional food products
metadata.dc.creator: Leon, Carolina Owergoor de
metadata.dc.contributor.advisor1: Moreira, Caroline Camila
metadata.dc.description.resumo: Objetivos: Comparar a composição nutricional e o preço de produtos industrializados integrais e convencionais. Métodos: Estudo transversal realizado em Dourados-MS, por meio do censo (agosto/2018) de biscoitos, torradas, pães e cereais matinais disponíveis em estabelecimento pertencente a uma das maiores redes de supermercados do Brasil. Foram coletadas as seguintes informações dos rótulos dos produtos: lista de ingredientes, informação nutricional por porção (energia, carboidratos, proteínas, gorduras totais e saturadas, fibras e sódio), preço unitário, peso da porção e peso líquido do produto. Para comparar a composição nutricional, o preço e o número de ingredientes, açúcares, aditivos e gordura trans foi utilizado o teste U Mann-Whitney ou teste T de Student, conforme normalidade da distribuição dos dados. Foi considerado o valor de p<0,05 como diferença estatística significativa. Para as análises, foi utilizado Stata® versão 11.0 (Statacorp, College Station TX, USA). Resultados: Foram analisados 103 produtos sendo 59 (57,3%) integrais, os quais apresentaram maior quantidade de fibras e proteínas, menor quantidade de sódio, maior presença de açúcares na lista de ingredientes e preço mais elevado (p<0,05). Produtos integrais e convencionais possuem teores semelhantes de calorias, carboidratos e gorduras. Conclusão: Mesmo os alimentos integrais apresentando maior quantidade de fibras e proteínas e menor quantidade de sódio, ainda assim continuam apresentando quantidades de calorias, carboidratos, gorduras e número de aditivos semelhantes aos convencionais. O emprego de ingredientes que melhorem o perfil nutricional dos produtos, como a adição de fibras, também implica na adição de outros ingredientes que simulem características sensoriais desejáveis, como a adição de açúcar para conferir coloração mais escura que remeta a produto integral. O preço mais elevado de produtos inte grais não corresponde a um melhor perfil nutricional. O marketing nutricional veiculado pela indústria alimentícia em produtos integrais pode estar confundindo os consumidores quanto a real saudabilidade dos produtos, e por consequência, persuadindo-os a consumir produtos ultraprocessados como saudáveis.
Abstract: Objectives: To compare the nutritional composition and the price of industrialized and conventional products. Methods: A cross-sectional study was carried out in DouradosMS, using census (August / 2018) for biscuits, toasts, breads and cereals available at an establishment belonging to one of the largest supermarket chains in Brazil. The following information was collected from product labels: ingredient list, nutritional information per portion (energy, carbohydrates, proteins, total and saturated fats, fiber and sodium), unit price, portion weight and net product weight. To compare the nutritional composition, price and number of ingredients, sugars, additives and trans fat, the Mann-Whitney U test or Student's T-test was used, according to the normal distribution of the data. The value of p <0.05 was considered statistically significant. For the analyzes, Stata® version 11.0 (Statacorp, College Station TX, USA) was used. Results: A total of 103 products were analyzed, of which 59 (57.3%) were whole, with a higher amount of fiber and protein, lower sodium content, higher sugar content in the list of ingredients and a higher price (p <0.05) . Whole-grain and conventional products have similar calories, carbohydrates, and fats. Conclusion: Even whole foods with higher amounts of fiber and protein and less sodium, still continue to present calories, carbohydrates, fats and the number of additives similar to conventional foods. The use of ingredients that improve the nutritional profile of the products, such as the addition of fibers, also implies the addition of other ingredients that simulate desirable sensorial characteristics, such as the addition of sugar to impart darker coloring that refers to the whole product. The higher price of whole products does not correspond to a better nutritional profile. Nutritional marketing by the food industry in whole foods may be confusing consumers as to the real health of the products and therefore persuading them to consume ultraprocessed and healthy products.
Keywords: Análise nutricional
Nutritional analysis
Alimentos industrializados
Industrialized foods
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Grande Dourados
metadata.dc.publisher.initials: UFGD
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências da Saúde
Citation: LEON, Carolina Owergoor de. Composição nutricional e preço de produtos integrais e convencionais comercializados em um supermercado de rede nacional do Brasil: produtos integrais e convencionais. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Nutrição) – Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/2465
Issue Date: 25-Jun-2019
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CarolinaOwergoordeLeon.pdf438,84 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.