Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/2479
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Conteúdo de encartes promocionais em supermercado de rede nacional: análise do grau de processamento dos alimentos de acordo com as estações do ano: alimentos em encartes de supermercado
Other Titles: Content of promotional circulars in national chain supermarket: degree of food processing analyses according to seasons: foods in supermarket circulars
metadata.dc.creator: Silva, Thainara Nascimento
metadata.dc.contributor.advisor1: Moreira, Caroline Camila
metadata.dc.description.resumo: Objetivo: Analisar o conteúdo de alimentos publicitados em encartes promocionais de um supermercado de rede nacional de acordo com a extensão e grau de processamento dos alimentos e comparar as frequências entre as estações do ano. Métodos: Todos os encartes promocionais distribuídos nos meses de agosto e novembro de 2016 e fevereiro e maio de 2017 em um supermercado de Dourados/MS foram recolhidos, representando as estações inverno, primavera, verão e outono, respectivamente (variável exposição). Todos os alimentos foramclassificados de acordo com o grau de processamento (variável desfecho): in naturaou minimamente processado (IN/MP), ingrediente culinário processado (ICP), processado (P) e ultraprocessado (UP). O teste Qui-Quadrado foi aplicado para comparar a frequência de alimentos com diferentes graus de processamento publicitados nos encartes do supermercado entre as estações do ano. Foi considerada diferença estatisticamente significante p<0,05. Resultados: Foram analisados 13 encartes, sendo identificados 1.046 alimentos. Mais da metade dos alimentos anunciados nos encartes foi classificada como UP (n=546/52,2%).Estações mais quentes apresentaram um maior número de alimentos anunciados nos encartes promocionais (verão: n=370/35,4% e primavera: n=369/35,3%) . UP tiveram maior frequência de anúncios nas estações quentes (primavera: n=217/58,8% e verão: n=208/56,2%), assim como P (primavera: n=55/14,9%; verão: n=45/12,2%). Já os IN/MP apresentaram maior prevalência de anúncios nas estações frias (inverno: n=84/50,4% e outono: n=66/47,7%). ICP tiveram baixa frequência de anúncio em todas as estações do ano, variando de 5,1% a 2,3%.Estas diferenças foram estatisticamente significativas. Conclusão: Os encartes promocionais do supermercado anunciam mais alimentos ultraprocessados,estimulando a compra, e consequentemente, o consumo de alimentos não saudáveis pelos consumidores. Alimentos mais saudáveis (IN/MP) são anunciadosmais frequentemente em estações mais frias, enquanto que alimentos menos saudáveis (UP e P) em estações mais quentes. Esforços por parte do governo são necessários para regulamentar a publicidade de alimentos de modo a restringir o marketing de alimentos não saudáveis.
Abstract: Objective: To analyze the foods advertised in promotional circulars of a national supermarket chain according to the extension and degree of food processing and to compare the frequencies between the seasons. Methods: All promotional circularsdistributed in the months of August and November (2016) and February and May (2017) in a supermarket in Dourados/MS were collected, representing winter, spring, summer and autumn (exposure). The food was classified according to the degree of processing (outcome): unprocessed or minimally processed (UN/MP), processed culinary ingredient (PCI), processed (P) and ultraprocessed (UP). The chi -square test was applied, considering statistically significant difference p <0.05. Results: We analyzed 13 circulars and we identified 1,046 foods. More than half of the foods advertised were UP (n=546/52.2%). Hot seasons had a higher number of foods advertised in promotional circulars (summer: n=370/35.4% and spring: n=369/35.3%). UP had higher frequency of adverts in hot seasons (spring: n=217/58.8% and summer: n=208/56.2%), as well as P (spring: n=55/14.9% andsummer: n=45/12.2%). On the other hand, IN/MPs presented higher prevalence of adverts in cold seasons (winter: n=84/50.4% and autumn: n=66/47.7%). PCI had low adverts frequency in all seasons, ranging from 5.1% to 2.3%. These differences were statistically significant. Conclusion: Promotional circulars from the supermarket advertise more ultraprocessed foods, stimulating the purchase, and consequently the consumption of unhealthy foods by consumers. Healthier foods (IN/MP) are advertised more often in colder seasons, while less healthy foods (UP and P) in hottest seasons. Government efforts are needed to regulate food advertising in order to restrict the marketing of unhealthy foods.
Keywords: Consumo de alimentos
Food consumption
Alimentos industrializados
Industrialized foods
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Grande Dourados
metadata.dc.publisher.initials: UFGD
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências da Saúde
Citation: SILVA, Thainara Nascimento. Conteúdo de encartes promocionais em supermercado de rede nacional: análise do grau de processamento dos alimentos de acordo com as estações do ano: alimentos em encartes de supermercado. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Nutrição) – Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/2479
Issue Date: 25-Jun-2019
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ThainaraNascimentoSilva.pdf269,31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.