Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/3941
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Estudo do potencial nutricional do resíduo gerado na extração do óleo de gergelim como aditivo em ração animal
metadata.dc.creator: Oliveira, Ana Carolina Gaiotti de
metadata.dc.contributor.advisor1: Muzzi, Rozanna Marques
metadata.dc.contributor.referee1: Fakbouri, Farayde Matta
metadata.dc.contributor.referee2: Revello, Claudiomira Zardo Palacio
metadata.dc.description.resumo: O gergelim (Sesamum indicum L.) é a mais antiga oleaginosa conhecida e está entre as dez principais do mundo. A maior parte de sua produção provém da indústria alimentícia, sendo que aproximadamente 70% é destinada à elaboração de óleo e farinha. Este trabalho teve como objetivo estudar o aproveitamento do resíduo gerado pela extração dos óleos das sementes de gergelim branco e preto, obtidas na plantação orgânica da Cooperativa Itamarati de Ponta Porã – MS, para incorporação destes na formulação de ração animal ou alimentação humana. A incorporação deste resíduo na formulação de ração animal pode contribuir no aumento do teor de proteínas e minerais, fatores estes indispensáveis na dieta animal, além de ser uma opção de reaproveitamento de resíduos industriais. Os resíduos foram obtidos na forma de farelos de gergelim (FDG) e foram feitas análises bromatológicas baseadas no método de Weende e Van Soest para a caracterização centesimal dos mesmos. Tais análises consistem em determinar as frações nutritivas dos alimentos, isto é, a percentagem de Matéria Seca (MS), Proteína Bruta (PB), Fibra em Detergente Neutro (FDN), Fibra em Detergente Ácido (FDA) e Cinza ou Matéria Mineral (MM). A composição centesimal destes farelos resultou em elevados teores de matéria seca (98 e 99%) e de proteínas (32 e 42%) e um baixo teor de fibras insolúveis (aproximadamente 6%). As análises de cinzas ressaltaram a presença de minerais nos farelos analisados, apresentando teor entre 8% (gergelim branco) e 13% (gergelim preto), comprovados posteriormente pelas análises de identificação e quantificação de minerais. Os minerais de maior ocorrência nos farelos foram cálcio e magnésio, sendo que os teores de minerais no farelo de gergelim preto em todas as amostras foram maiores em relação ao gergelim branco. O mineral de menor ocorrência em ambas as amostras de gergelim foi o cobre.
Keywords: Sesamum indicum L.
Resíduos orgânicos
Organic wastes
Gerenciamento de resíduos
Waste management
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Grande Dourados
metadata.dc.publisher.initials: UFGD
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia
Citation: OLIVEIRA, Ana Carolina Gaiotti de. Estudo do potencial nutricional do resíduo gerado na extração do óleo de gergelim como aditivo em ração animal. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado e Licenciatura em Química) – Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologias, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/3941
Issue Date: 12-Nov-2015
Appears in Collections:Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaCarolinaGaiottideOliveira.pdf533,2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.