Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/809
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Degrande, Paulo Eduardo-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3211371648619448pt_BR
dc.contributor.advisor-co1Fernandes, Marcos Gino-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7129062059790588pt_BR
dc.contributor.referee1Lima, Eraldo Rodrigues de-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2336375917918998pt_BR
dc.contributor.referee2Pereira, Fabricio Fagundes-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0887969828519150pt_BR
dc.contributor.referee3Oliveira, Harley Nonato de-
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/8384759840450371pt_BR
dc.creatorMiranda, Gabriela de Azambuja Silva-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2017358656305784pt_BR
dc.date.accessioned2019-05-10T20:17:50Z-
dc.date.available2019-05-10T20:17:50Z-
dc.date.issued2010-10-22-
dc.identifier.citationMIRANDA, Gabriela de Azambuja Silva. Padronização de metodologia para avaliar a seletividade de pesticidas sobre parasitóides de ovos. 2010. 33 f. Dissertação (Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade) – Faculdades de Ciências Biológicas, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2010.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/809-
dc.description.abstractThe identification of selective pesticides to beneficial organisms is a measure of extreme importance, since it allows the matching methods of chemical and biological control in addition to selecting the appropriate product for use in programs of integrated pest management. The objective of this study was to develop a standardized methodology to evaluate the selectivity of pesticides to egg parasitoids under laboratory extended conditions (parasitoids exposure to fresh and dried residues found on leaves under controlled experimental conditions). Telenomus podisi Ashmead (Hymenoptera: Scelionidae), major parasitoids of the brown stink bug of soil, Euschistus heros (Hemiptera: Pentatomidae), was the egg parasitoid chosen to be tested in the present work. The method was developed according to the assumptions of the “Working Group „Pesticides and Beneficial Organisms‟ of The International Organization for Biological Control of Noxious Animals and Plants (IOBC) for laboratory extended tests. The treatments evaluated were: water (negative control), methyl parathion/Mentox 600 EC (positive control) and lufenuron (tested pesticide). They were spread on pesticide free soil plants contained in pots under greenhouse conditions until its run-off point (in the highest agronomic recommended dosage). After two hours, the leaves were removed and placed in separate trays for each treatment. Then, these leaves were placed in cages (glass cylinders of 25 cm length X 3,5 cm de diameter), at the same amount, until the bottom surface of the cylinder was completely covered. Then, they were connected on a ventilation system, whose function was to ventilate the cages and prevent the buildup of toxic gases. Each cage was considered a single repeat. So, ten 24 h old female were put in each cage and let there for 24 hours. After this period, the survivors present in each treatment were counted. In those treatments with survivors, a card with 400 eggs of Eushistus heros (Hemiptera: Pentatomidae) were offered. After 24 h, another card with 400 eggs were offered and let there for 48 hours. Then, the bioassay was dismounted, and the cards with eggs were placed on Petri dishes with moisture filter paper. The parasitized eggs were counted 8 to 9 days after the introduction of the cards in the cage, and with these data the parasitism capacity of each treatment was obtained. So, the parasitism capacity reduction was estimated and the pesticides were placed in one of the three categories established by IOBC for this kind of test: N = harmless or slightly harmful (Reduction 0-50%), M = moderately harmful (Reduction 51-75%), and T = harmful (Reduction > 75%). The emergency (%) and sex ratio was evaluated to. The results agreed with the expected and fulfilled the validation criteria for the validation of methodology. The positive control fresh residues of were highly toxic, causing 100% mortality in adults females of all repeats, fact that proved the contact of the parasitoids with treated leaves. The control mortality (%), longevity and sex ratio were compatible with previous data about T. podisi biology found in literature, indicating that it doesn‟t negatively affects the parasitoids. The methodology proved to be practical, easy to be led and attended all the criteria for validation, being considered appropriate to test the effects of pesticides in T. podisi at extended laboratory conditions.en
dc.description.resumoA identificação de pesticidas seletivos a organismos benéficos é uma medida de extrema importância, pois permite a compatibilização dos métodos de controle químico e biológico, além da seleção de produtos adequados para o uso em programas de manejo integrado de pragas. O objetivo deste trabalho foi desenvolver uma metodologia experimental padronizada para avaliar a seletividade de pesticidas sobre parasitóides de ovos em condições de laboratório estendido (exposição dos parasitóides a resíduos frescos e secos presentes em folhas sob condições experimentais controladas). O parasitóide utilizado no presente trabalho foi Telenomus podisi Ashmead (Hymenoptera: Scelionidae), principal parasitóide de ovos do percevejo-marrom-da-soja Euschistus heros (Hemiptera: Pentatomidae). A metodologia foi desenvolvida de acordo com as premissas do grupo de trabalho “Pesticidas e Organismos Benéficos” da Organização Internacional de Controle Biológico e Integrado de Plantas e Animais Nocivos (IOBC) para testes de laboratório estendido. Os tratamentos testados na validação do método foram: água (controle negativo), paration metílico/Mentox 600 CE (controle positivo) e lufenuron/Match 50 CE (substância teste). Os tratamentos foram pulverizados sobre plantas de soja acondicionadas em vasos até o ponto de escorrimento, na mais alta dosagem recomendada para o tratamento e questão na cultura da soja. Após duas horas, folhas foram retiradas das plantas e acondicionadas em bandejas. Depois, essas folhas foram inseridas em gaiolas (cilindros de vidro de 25 cm comp. X 3,5 cm de diâmetro) até que a superfície inferior do cilindro ficasse totalmente coberta. Essas gaiolas foram conectadas a um sistema de ventilação, com a função de impedir o acúmulo de gases tóxicos em seu interior. Então, dez fêmeas de 24 h de idade foram introduzidas em cada gaiola e deixadas em contato com os tratamentos por 24 h. Após esse período, os tratamentos foram observados para a contagem dos sobreviventes. Nos tratamentos onde haviam sobreviventes foi oferecida uma cartela/repetição com ovos de Eushistus heros (Hemiptera: Pentatomidae) na densidade de 40 ovos/fêmea. Após 24 h, outra cartela com 400 ovos foi inserida em cada gaiola, mas dessa vez deixada por 48 h. Após esse período o experimento foi desmontado, e as cartelas com ovos foram acondicionadas em placas de Petri forradas com papel filtro umedecido. Os ovos parasitados foram contados entre 8 e 9 dias após a introdução dos cartões na gaiola, e com esses dados calculou-se a capacidade de parasitismo (número de ovos parasitados/fêmeas) em cada tratamento. Esses dados permitiram estimar a redução na capacidade de parasitismo e enquadrar os pesticidas testados em uma das três categorias de avaliação propostas pela IOBC para este tipo de teste: N = inócuo ou levemente tóxico (redução 0-50%), M = moderadamente tóxico (redução de 51-75%), T = tóxico (redução > 75%). Foram avaliadas também a emergência (%) e razão sexual dos descendentes. Foram realizadas 10 repetições/tratamento. Os resultados obtidos estiveram de acordo com o esperado e cumpriram os critérios estabelecidos para a validação da metodologia, sendo que os resíduos frescos do controle positivo mostraram-se altamente tóxicos, causando 100% de mortalidade nas fêmeas adultas de todas as repetições, fato que comprovou o contato dos parasitóides com as folhas tratadas. A mortalidade (%), eficiência de parasitismo, longevidade e razão sexual da testemunha se mostraram compatíveis com dados encontrados na literatura sobre a biologia de T. podisi, indicando que ela não afeta negativamente os parasitóides. A metodologia mostrou-se prática, fácil de ser conduzida e atendeu a todos os critérios para sua validação, sendo considerada adequada para testar os efeitos de pesticidas sobre T. podisi em condições de laboratório estendido.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Alison Souza (alisonsouza@ufgd.edu.br) on 2019-05-10T20:17:50Z No. of bitstreams: 1 GabrieladeAzambujaSilvaMiranda.pdf: 1609235 bytes, checksum: 082cb932d56f29512fa8bbde290f9023 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-05-10T20:17:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 GabrieladeAzambujaSilvaMiranda.pdf: 1609235 bytes, checksum: 082cb932d56f29512fa8bbde290f9023 (MD5) Previous issue date: 2010-10-22en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal da Grande Douradospt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Biológicas e Ambientaispt_BR
dc.publisher.programPrograma de pós-graduação em Entomologia e Conservação da Biodiversidadept_BR
dc.publisher.initialsUFGDpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectControle biológicopt_BR
dc.subjectBiological controlen
dc.subjectPesticidapt_BR
dc.subjectPesticidesen
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICASpt_BR
dc.titlePadronização de metodologia para avaliar a seletividade de pesticidas sobre parasitóides de ovospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GabrieladeAzambujaSilvaMiranda.pdf1,57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.